15/12/2017 (82) 99139-0370

Politica

Aprenda em casa

Cunha questiona alta de tributos; Renan pede 'conjunção de esforços'

Ele afirmou que o Senado vai deliberar sobre uma "agenda emergencial" para estados e municípios.

Por : Redação 02/02/2016 às 19:37:32

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), discursaram nesta terça-feira (2) na sessão de abertura do ano legislativo após a fala da presidente Dilma Rousseff, que compareceu para ler a mensagem presidencial ao Congresso para 2016.

Eduardo Cunha fez um balanço da produção da Câmara em 2015. "O primeiro ano teve início com o desafio de uma Câmara independente", declarou. Segundo ele, os deputados apreciaram 1.114 matérias, entre as quais 28 medidas provisórias, 70 projetos de lei, 41 propostas de decreto legislativo e 13 projetos de resolução.

Cunha afirmou que 2016 será um ano difícil. "Por isso, é necessário que o esforço de toda a sociedade seja maior que em 2015", declarou.

O presidente da Câmara disse que não há consenso entre os deputados sobre a necessidade de aumento de impostos como instrumento para enfrentamento da crise.

"A Câmara não se eximirá de analisar proposta vinda do Executivo, embora não haja consenso de que o aumento da carga tributária seja a solução para a crise. A Câmara jamais deixará de repercutir em seus debates e votações a vontade da sociedade brasileira", afirmou.

Fonte: G1

comentários